Folha Espirita online

Edição julho de 2019

FE de janeiro 2019
DESTAQUES DESSA EDIÇÃO

    Mednesp no Piauí discute ciência e espiritualidade

    O comportamento religioso do brasileiro

    Pesquisas sobre vidas passadas e EQM

    Enfarte associado à falta de perdão

    Hernani Guimarães Andrade homenageado

    As revelações sobre Capela

    Paz e Amor em Ação



Se você é assinante da versão online, clique na imagem ao lado para ler a edição atual.

Se ainda não é assinante, assine agora mesmo aqui e ganhe de brinde o livro O Legado de Marlene Nobre.

EDITORIAL

Julho de 2019, a data-limite

Ao olhar para uma série de acontecimentos, e até mesmo para o humor em geral da sociedade, não temos dúvidas que é chegada a hora preeminente de mudanças. Para onde olhamos, vemos gente sofrendo com conflitos internos enormes e se questionando sobre os porquês de suas vidas. Esse sinal é muito claro em diversos cenários, como na família e no trabalho. Em toda a parte explodem buscas por novos rumos como uma forma de se transcender o pesado e difícil status quo do qual nós mesmos criamos e agora nos vemos refém.

O “ter” simplesmente não basta, a cultura do consumismo consciente, as ondas de slow living (vida mais tranquila) e o movimento back to basics (de volta ao básico) ganham cada vez mais força. É inegável que os seres procuram desesperadamente por uma reconexão e respostas para tantos anseios que a vida moderna nos impôs, e que por um tempo puderam até nos alçar a grandes saltos evolutivos no campo da intelectualidade, mas que agora nos fazem sentir que a completude da vida precisa de uma rota de propósito, e não de realização imediata, no qual o consumo e a utilização desenfreada de todos os recursos deram o tom.

Com isso, o ser mergulha em uma profunda e escura exploração em seu mundo íntimo para tentar essa reconexão, essa descoberta de algo a mais que dê sentido para a sua vida. Esses sinais não nos deixam dúvidas que a reunião de 20 de julho de 1969 entre o Cristo e os Espíritos de sua confiança, que decidiram dar um prazo de 50 anos para que a humanidade pudesse seguir conseguindo se suportar e evitando a todo custo uma guerra mundial, agora traz essas mudanças.

Com relação a uma suposta guerra de grandes proporções, essa seria uma questão decorrente de um fracasso humano e, ao desejarmos o conflito, além de seus efeitos degradantes, teríamos de responder pelas reações que o próprio planeta iria nos impor, conforme consta no livro 2019: o ápice da transição planetária. Com relação à guerra, vemos que há um trabalho hercúleo da espiritualidade para que ela não aconteça. Temos a certeza de que mudanças são necessárias e preeminentes e que vão acontecer. Não sabemos quando, mas vão. Julho de 2019 poderá ser um marco para grandes transformações que virão.

Edição junho de 2019

FE de janeiro 2019
DESTAQUES DESSA EDIÇÃO

    O que fazer quando o trabalho nos adoece

    Tudo pronto para o Mednesp 2019!

    O bebê de 24 semanas e o paradigma médico-espírita

    Livro consolida conhecimentos espíritas

    Os brasileiros e a fé

    Combatendo os nossos defeitos

    Servindo a Deus pelos necessitados



Se você é assinante da versão online, clique na imagem ao lado para ler a edição atual.

Se ainda não é assinante, assine agora mesmo aqui e ganhe de brinde o livro O Legado de Marlene Nobre.

EDITORIAL

Mednesp 2019, o grande encontro da ciência com a espiritualidade

De 19 a 22 junho, a cidade de Teresina (PI), se transformará no centro de convergência entre a ciência e a espiritualidade, com a realização do Mednesp 2019. Com mais de 120 oradores, que irão compartilhar seus estudos, o evento deverá reunir mais de 2 mil participantes.

Promovido desde 1991, inicialmente sob a coordenação da Associação Médico-Espírita de São Paulo e, a partir de 1995, já com a fundação da AME-Brasil, o evento chega a sua 15ª edição contando, inclusive, com um seminário internacional, com a presença de pesquisadores internacionais. Tal fato fortalece ainda mais o todo o caráter vanguardista desse propósito genuíno de integração entre a ciência e a espiritualidade protagonizado pela AME-Brasil, e mais precisamente na trajetória visionária da médica Marlene Nobre, que sempre vislumbrou que esse ideal deveria pautar os rumos da associação, buscando a mudança de paradigma.

Ao acompanharmos a evolução nos últimos 28 anos, temos de nos render à dedicação e fidelidade de Marlene Nobre, que, com certeza, já antevia que o resgate da ciência junto à espiritualidade iria se tornar um movimento de grandes proporções, com conexões em todos os cantos do mundo. O último exemplo nesse sentido foi noticiado recentemente pela Folha de São Paulo: a Universidade Federal de Juiz de Fora irá iniciar uma pesquisa com mais de 350 pessoas sobre memórias de “supostas vidas passadas”. A pesquisa será feita em parceria com a Universidade da Virgínia (EUA). Por isso, nossa reverência ao Mednesp, por tudo quanto esse evento inspira e agrega inúmeros corações que estão dedicados á promoção desse tão significativo e transformador reencontro entre a ciência e a espiritualidade, que, com certeza, deverá ser o marco e as bases de uma nova era.

Seguimos convictos de que os rumos das associações médico-espíritas no Brasil e no mundo haverão de corroborar de forma atuante, levando para os campus de universidades as reflexões acerca das revelações espirituais sobre a ciência e a espiritualidade, que já nos foram entregues através da mediunidade de Chico Xavier, com ênfase as revelações de André Luiz, entre outros. O que se traduz em campo fértil para tantas pesquisas que com certeza só tendem a crescer.

Nossas vibrações de amor, paz e muitas realizações espirituais para todos os participantes, palestrantes, voluntários e à comissão organizadora do evento. Que nossa querida e inesquecível Marlene Nobre possa continuar a sustentar os ideais de todos que compreendem que a ciência e a espiritualidade juntas se traduzem em oportunidade única para nos aproximarmos ainda mais do Criador. Que venha o Mednesp 2019. Como diria Marlene, vamukiVamu.

Conteúdo sindicalizado