Folha Espirita online

Capitalismo combina com generosidade?

“A anarquia econômica da sociedade capitalista, tal como existe hoje, constitui, a meu ver, a fonte real de todo o mal.” A. Einstein – Gauche Européenne, de Paris, janeiro de 1957
Conrado Santos

Se voltarmos nossos olhos para a história recente da humanidade, não poderemos deixar de avaliar que muitas das conquistas, avanços tecnológicos e, ainda que de forma desigual, a distribuição de riquezas têm suas bases na lei de mercado livre, em que o capitalismo impera. Por outro lado, não há dúvidas de que podemos creditar a esse modelo econômico o próprio estímulo a valores desajustados de consumo excessivo e culto da ganância.

O caminho da paz

O Apóstolo Pedro disse: “Busque a paz e siga-a”.

Todos nós ansiamos pela paz. Fazemos passeatas, mobilizamos amigos, engajamo-nos em campanhas... No entanto, lembra o benfeitor Emmanuel: “Há muita gente que busca a paz; raras pessoas, porém, tentam segui-la.”

Eis a dificuldade: seguir o caminho da paz. Nosso Mestre Jesus já nos alertara quanto aos nossos descaminhos, quando afirmou: “A minha paz vos deixo. A minha paz vos dou, não vo-la dou como o mundo a dá.” Realmente, a paz do Cristo é diferente da paz do mundo. Durante milênios, até os dias de hoje, temos chamado de período de paz aquele em que nos preparamos para novas guerras, em completo desacordo com os ensinamentos do Cristo.
Conteúdo sindicalizado